Terapia Particular

cerebroComo você pode observar aqui, não fui o único a me ausentar da blogosfera. Por mais ou menos tempo, a rotina que cada um de nós levamos, subtrai de nós algumas atividades que são importantes. Ler, escrever, caminhar, ouvir música, assistir filme, debater ideias, enfim…VIVER!

Já de algum tempo acompanho alguns textos publicados pelo jornalista Rodrigo Ziviani, repórter na Record TV, em Ribeirão Preto (SP). Em seu blog, Ziviani apresenta uma ótica bem diferente daquela em que seu telespectador está acostumado. À vontade, escracha, no bom sentido do termo, o cotidiano com boas pitadas de ironia.

Na mais recente publicação que leva o título de Cartilha de Sobrevivência, o jornalista utiliza um termo que gostei muito: terapia particular. Compactuo com o mesmo pensamento dele, creio que a blogosfera seja, de alguma forma, uma terapia para quem escreve (e, por quê não dizer, também para quem lê?!).

No texto, Rodrigo fez duras críticas a quem faz questão de demonstrar uma vida perfeita nas redes sociais. “Dizem que envelhecer traz sabedoria e tolerância. No meu caso, trouxe a habilidade de separar o joio do trigo com mais rapidez e eliminar da minha rotina o que (e quem) me irrita. Isso inclui o monte de bestificados que postam foto de comida ou de seus relacionamentos de fachada. Também dei um basta aos sociopatas com transtorno narcisista e aos que chegam ao cúmulo de desejar feliz aniversário a si mesmos, com textos autoengrandecedores. Nunca dei conta de tanta asneira. Agora, menos ainda.”, escreveu.

Logo na sequencia, criou um elo com o discurso de Madonna na última edição do Billboard Women in Music. “Estou aqui, em frente a vocês, como um capacho. Quero dizer, como uma artista feminina. Obrigada por reconhecerem minha habilidade de dar continuidade à minha carreira por 34 anos diante do sexismo, da misoginia gritante, do bullying e do abuso constante.(…) Não há regras se você é um garoto. Há regras se você é uma garota. Se você é uma garota, você tem que jogar o jogo. E que jogo é esse? Você tem permissão para ser bonita, fofa e sexy. Mas não pareça muito esperta. Não aja como se tivesse uma opinião que vá contra o status quo. (…) Estou aqui mais porque quero agradecer do que para receber esse prêmio. Agradecer não apenas a todos que me amaram e me apoiaram ao longo do caminho. Vocês não têm ideia de quanto o apoio de vocês significa. Mas para aqueles que duvidam e para todos que me disseram que eu não poderia, que eu não iria e que eu não deveria. Sua resistência me fez mais forte, me fez insistir ainda mais, me fez a lutadora que sou hoje, me fez a mulher que sou hoje. Então, obrigada.”, disse a artista de inúmeros clássicos.

Basicamente, Ziviani mostra que as pessoas de hoje não apresentam conteúdo ao se exporem nas redes sociais. Em contra-partida, os de opinião – como a cantora Madonna – nunca temeram para atingir seus objetivos.

Thiago Rocioli

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s