Poema sem nome – a continuação de um não publicado

Recomeçar 2Desta vez, a lágrima não caiu
Desta vez, o sorriso não se ausentou.
Foi diferente.
Desde o começo até o que hoje pode ser dito como fim.
Pode?

Não tive a oportunidade de me expressar direito,
o que trago no peito e a mente insiste em lembrar
Não tive a oportunidade de dizer o que queria,
mas presenteei com o que podia: chocolates como recordação.

Desta vez, deixo o silêncio falar por mim.
Não lamento, não fico preso na dor, não insisto,
não questiono, não desespero… apenas respeito a escolha.

Espero.

Não pelo sentimento ser correspondido. Espero a hora que,
por Deus permitido, um novo amor encontrar.

THIAGO ROCIOLI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s